Elas belas...

26.1.16 Anahy Britto 0 Comments

Eram pra ser uma dúzia, mas já ultrapassei essa quantidade!
É uma delícia de pintar essas ervas em forma de bailarina! Uma delícia lembrar bons momentos enebriados de aroma gostoso e das fases da minha vida junto aos "meus".
Cozinhas de vó, lençol cheiroso engomado por Liá, travesseiro de macela, caminhos da roça cheinhos de orvalho, o boca-pio do meu pai com ervas fresquinhas chegando da feira, o chá de anis feito pras cólicas dos filhos e sobrinhos bebês, o ramo de arruda de Celina benzedeira pra tirar quebranto, os banhos de ervas de D. Eva pra desestressar e dar 'coragem', a pastilha de menta que existe desde a infância, a jujuba azul de anis que só eu gostava (parece)...Tudo lembranças que vêm com o olfato num despertar de vida bem vivida, bem sentida e bem amada. Por isso eu pinto a gratidão!
Talvez eu ainda continue essa série, mas, por hora, eu já superei as minhas expectativas. E como a mente viaja mais do que os dedos podem traduzir através de lápis e pincéis, vou iniciar outra série dentro desse projeto e continuar com a série Doce Vida, também dele (Rococó Revisitado). Daqui há pouco, sinto necessidade e novamente volto pras Ervas Phynas! Comigo é assim, é só "dar na telha"!

Um abraço aromatizado com boas lembranças!
Anahy


0 comentários: