Poeminha de Cecília...

26.10.16 Anahy Britto 0 Comments

Sou entre flor e nuvem,
estrela e mar. Por que
havemos de ser unicamente
humanos, limitados em chorar?
Não encontro caminhos fáceis
de andar. Meu rosto vário
desorienta as firmes pedras
que não sabem de água e de ar.
Cecília Meireles

E Telú faz figura aquarelada ao som do poeminha de Ceci...Um abraço otimista,Anahy




0 comentários: