Materiais escolares, resenhando...

28.3.15 Anahy Britto 0 Comments

Sempre ando por aí bisbilhotando novos materiais, inclusive os da linha escolar, que têm preço mais acessível e muitas vezes correspondem à nossa expectativa quanto ao resultado. É claro que não vamos comparar à garantia que temos ao trabalhar com material profissional, mas não custa experimentar alguns bons escolares, e até se tornar fiel, caso a resposta ao teste seja positiva e produtiva.
Tenho muitos marcadores escolares a base de água, mas ultimamente os meus materiais queridos são os lápis pastel e de plástico da linha importada Mapped, que encontrei numa livraria do bairro onde moro. "In love!"
Como tenho apenas alguns meses de 'art jornal' e pintura em papel, ainda ando com meu material um pouco bagunçado até porque tenho dividido o meu espaço de trabalho com um estudante de arquitetura (pense...) e uma arquiteta mestranda (imagine...), e ainda tenho que guardar material para pintura em tela e porcelana. Tem um pouquinho de cada coisa espalhado pelos armários da casa!
Bom, voltando para os materiais tipo escolar, vou comprando marcas diferentes e testando; atualmente estou amando: os hirocores da Faber porque tem cores bem pigmentadas, os pastéis e lápis em barra da Mapped porque são macios e com muito pigmento e os lápis de cor metálicos da Faber, que são incríveis para fazer croquis.
Enfim, nem sempre o material escolar é de má qualidade e vale a pena sim realizar testes, pra isso, os uso no meu diário de arte (art journal) que é uma espécie de livro de estudos onde experimento técnicas e materiais diferentes.

Um abraço de atitude!
Anahy


0 comentários: