Contando estrelas

1.4.15 Anahy Britto 0 Comments

Quem já não contou estrelas?? Na minha cidade natal a coisa que eu mais admiro é o céu, principalmente à noite. Uma cidade de interior tem a vantagem de ter menos reflexão da iluminação humana e podemos assim, contemplar as estrelas de uma maneira mais genuína.
É uma prática que sempre me acalma. Quando criança eu deitava nas escadas em frente ao hall de casa (era o divã das amigas meninas da rua)só pra ver a lua e as estrelas e, quando, por ventura, algum facho de luz se deslocava no céu era um imenso frisson! Um tal de fazer pedido sem fim!
Como a felicidade beira a gente! Criança tem isso de deixar ser feliz!
Vejo a atualidade contaminada por uma inquietação contagiosa, pessoas com pressa, em conflito, "correndo atrás" me pergunto: do quê mesmo?? A felicidade tá aí, na cara, e poucos aproveitam! É só ter calma, e viver sem deixar a alma para trás! Viver com plenitude, sentindo cada minutinho, cada inspiração e expiração e sendo grato!
O principal: deixar ser feliz.

Um abraço de vida!
Anahy


Ilustração Contando Estrelas, da série Pensando a Vida, projeto FILOSOFIA DE'MARIA'

0 comentários: